Gravidez e HIV

‘HIV’ refere-se ao vírus da imunodeficiência humana, causador da SIDA.
O HIV destrói determinadas células sanguíneas, indispensáveis no funcionamento normal do sistema imunológico.
‘SIDA’ é a sigla para Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Esta ocorre quando o sistema imunológico é enfraquecido pelo HIV.
De uma forma geral, o HIV é um retrovírus que ataca o sistema de defesa humano causando a síndrome da imunodeficiência adquirida.
O vírus, já dentro do corpo, infecta principalmente uma importante célula do sistema imunológico: linfócito T CD4+ (T4). (O linfócito é um tipo de leucócito, ou glóbulo branco, presente no sangue e fabricado pela medula óssea vermelha.)

Assim que se adquire o HIV, o sistema imunológico reage na tentativa de eliminar o vírus.Nesse momento podem surgir sinais e sintomas semelhantes a um estado gripal forte.

Hoje em dia, os pacientes têm acesso a um regime complexo de medicamentos que atacam o HIV em vários estágios do seu ciclo de vida. Estes medicamentos não matam o vírus, mas reduzem o seu crescimento.
Cada um destes medicamentos tem efeitos colaterais significativos como náusea e diarreia, problemas e falência do fígado, icterícia, etc..

Numa gravidez, é possível reduzir a probabilidade de contágio ao bebé com o recurso a esta medicação de combate ao HIV, diminuindo a carga viral da mãe.
Verifica-se contágio em 5 de cada 100 casos (dados de uma clínica obstétrica em Niterói) e 80% destes números acontecem durante o parto. Por este motivo se opta frequentemente uma cesariana, diminuindo o contacto do bebé a fluidos e sangue da mãe e, também por este motivo, a amamentação está interdita ou sujeita a precauções nas mães com HIV.


Os cuidados pré-natais são essenciais e indispensáveis para a formação saudável do embrião principalmente neste tipo de gestantes, em que tem de haver um controlo que avalie o nível de CD4 e o nível da carga viral na mãe.


Gravidez em MTC

Ditado Chinês:
“Quando as pessoas nascem, o Céu dá o Jing (essência) e o Shen (espírito),
Que se alinham para formar a mente,
Enquanto a Terra dá os ossos e a forma,
Que se unem para formar o corpo.
Juntas, estas fontes de energia contribuem para que o ser humano se desenvolva.
Quando o ser humano morre,
a sua essência e espírito retornam ao Céu,
e os seus ossos e forma retornam à Terra”.

No desenvolvimento do feto colaboram três tipos de energia: o Jing (essência), o Qi (energia) e o Shen (espírito).
O Jing é a base substancial do corpo, responsável pela nutrição dos tecidos.
O Qi emerge da circulação do Jing através dos tecidos e promove o metabolismo do corpo.
O Shen governa o corpo.

Ambos os pais irão contribuir energeticamente para a concepção do bebé.
O esperma do pai e o óvulo da mãe consistem no Jing (essência), Qi (energia) e Shen (espírito). Esta combinação de Jing, Qi e Shen é referida em conjunto como sendo o Qi da mãe e o Qi do pai.
A combinação do Qi materno e paterno resulta no Yuan Qi, ou Qi original.
A qualidade do Qi original que o bebé recebe no nascimento depende de três factores:


a) A pureza e o potencial do plasma genético (esperma e óvulo) de ambos os progenitores;
b) A condição de saúde física mental e espiritual assim como a vitalidade de ambos os progenitores na altura da concepção;
c) Os factores espirituais e emocionais que rodeiam a concepção.

Em cada um dos meses da gravidez, um dos sistemas da mãe está mais activo por forma a dar aporte ao desenvolvimento correcto dos vários órgãos do feto. Por este motivo os vários tratamentos de MTC variam bastante ao longo da gravidez.

HIV à luz da MTC

O que a teoria básica da MTC refere sobre este estado patológico é da existência de:
- Qi correcto insuficiente;
- Deficiência do Aquecedor Médio;
- Retenção de Calor no Estômago e Intestinos;
- Excesso de Calor e Mucosidades que podem originar coma;
- Deficiência de Yang do Rim e Baço-Pâncreas;
- Factor patogénico quente que ataca o Pulmão e lesa o Yin.

Gravidez com HIV na MTC

Os tratamentos de Medicina Tradicional Chinesa em mães grávidas com HIV seguem o mesmo padrão base de tratamento que as restantes grávidas, com a mesma atenção a este estado que, embora não patológico, requer cuidados especiais.
As grávidas com HIV têm um grau de exigência considerável, uma vez que há a união de dois mundos que são, por si só, delicados.
Por isso, estes casos envolvem o conhecimento, dedicação e pesquisa adequados.

Como na maior parte dos tratamentos de Medicina Tradicional Chinesa, o objectivo é a prevenção da saúde e a criação de hábitos saudáveis que se tornem parte integrante de uma rotina terapêutica e saudável e assim prevenir desequilíbrios funcionais que promovam o aumento da carga viral do HIV no organismo.

O procedimento normal num tratamento a estas síndromes seria a utilização de Acupunctura e Fitoterapia, em conjunto com análises frequentes ao CD4 e à carga viral no plasma.

Nesta situação, e uma vez que falamos de grávidas, o tratamento terá muitas restrições na Acupunctura e na Fitoterapia. Desta foema, a Dietética e Qi Gong deverão ter um relevo ainda maior na terapêutica.

A Massagem Tui Na, a Auriculoterapia e a Reflexologia são também pontos importantes a seguir como opções terapêuticas às grávidas com HIV.
São métodos que poderão ajudar, mediante os casos, a eliminar toxinas e a fortalecer o Qi correcto através da tonificação do sistema

digestivo.

As opções de tratamentos são muitas, e devem sempre ser adaptadas ao tempo de gestação. Ou seja, um tratamento desenvolvido nas 14 semanas iniciais não será o mesmo nas 38 semanas de gravidez.

Dietética

-       ÓLEO DE GRAÍNHA DE UVA
Não deve ser fervido ou cozinhado. Deve-se consumir cru. Pode também, ser utilizado, para colocar na pele, em vez dos cremes tradicionais para as estrias e estimular a elasticidade da pele. O extracto de grainha de uva é antioxidante e importante para a protecção de células contra os radicais livres de manter um forte sistema imunológico.
-      
    ÓLEO DE SÉSAMO
Não deve ser fervido ou cozinhado. Deve-se consumir cru.

      ÓLEO DE SEMENTES DE LINHAÇA
Não deve ser fervido ou cozinhado. Deve-se consumir cru. As sementes de linhaça têm vastos componentes terapêuticos como é o caso de nas suas propriedades, terem muito ómega 3. Age também e muito no factor emocional da grávida, libertando-a de ciclotimias humorais exageradas.
-       VEGETAIS VERDES ESCUROS
Espinafres, nabiças, grelos, brócolos, germinados de lentilhas castanhas, verdes de cevada. Para além de influenciarem fortemente a energia do Fígado, eliminam calor tóxico e excedente.
-       LEGUMES
Millet, quinoa, aveia, milho painço, lentilhas castanhas, feijão vermelho, feijão azuki, arroz integral e semi-integral, nozes e sementes sem sal, como é o caso de sementes de girassol e pevides de abóbora. Página 24 de 41
-       LEITE
Leite de amêndoas, arroz ou espelta. Iogurtes podem ser ingeridos, restritamente sob a forma de iogurtes desnatados ou semi desnatados com bacilos activos, como é o caso do kefir (que tem uma forte componente de B12, mas apenas se se for comido cru).
-       PROTEÍNA ANIMAL
Preferencialmente, carne de aves biológicas. Peixe fresco como, salmão ou outras variedades de águas frias.
-      
FRUTOS SECOS
Tâmaras, figos secos sempre originais de uma base controlada e biológica.



Deve utilizar-se um bom suplemento proteico sem ingerir carne vermelha ou queijo.

COGUMELOS SHITAKE para eliminar a toxicidade dos medicamentos antiretrovirais uma vez que é também, um vegetal muito conhecido na longevidade asiática. É constituído por um composto chamado lentinan que melhore o sistema imunológico e fortalece sua capacidade de combater infecções.
Shiitake, segundo um estudo, é mais eficaz que os próprios medicamentos contra o vírus da gripe e ainda melhora o estado imunológico das pessoas infectadas pelo HIV.
MISO principalmente de fermentado de cevada (ter atenção às doses que não devem exceder, na altura do parto, devido ao excesso de produção de leite que o miso pode originar, visto que a mãe com hiv não pode amamentar).
LEVEDURA DE CEVADA possui todos os aminoácidos essenciais (componentes das proteínas). Sendo, também uma fonte considerável de DNA e RNA, dois ácidos nucleicos importantes, que estimulam o sistema imunitário e ajudam a melhorar o funcionamento cerebral a nível da memória e do envelhecimento precoce.
PROPOLIS reforça o Sistema Imunitário e limpa as toxinas do organismo. POLEN é um regulador geral das funções orgânicas, de grande acção digestiva e actividade antibiótica. É indicado no stress, anemia, fadiga, como regulador intestinal, depressões nervosas, má digestão. Quando a mãe tem necessidade de comer doces, pode ingerir uma colher de café de pólen. É um extracto maravilhoso que também tem ácido fólico, componente muito importante nesta fase de gestação.
CLORELLA rica em magnésio. Fortalece o sistema imunológico da gestante, protegendo o crescimento e desenvolvimento normal do bebé.

Qi Gong

O Qi Gong e a auto-massagem como rotina devem ser tomados em consideração para promover o equilibro do yin e yang e promover, desta forma, a saúde e um sistema imunitário forte e saudável.
O intuito dos exercícios de Qi Gong é estimular o timo e, por sua vez, o sistema imunitário; abrir o peito e libertar as emoções que podem inibir a função imunológica.

A postura da árvore deitada promove o fortalecimento do baço, pulmão e rim ao longo da gestação, principalmente nos períodos mais sensíveis como o primeiro e último trimestre. (A grávida deve ser acompanhada por um instrutor devidamente credenciado).


Auto-Massagem

- Inspirar;
- Passar as mãos sobre o rosto, com os dedos pesados;
- Com a ponta do dedo médio bater levemente no rosto;
- Massajar com a ponta do dedo médio, o canto interno e externo do olho
- Com o dedo indicador à frente, focar e olhar para o lado direito
- Olhar em rotação
- Massajar o nariz
- Massajar o ponto intermédio das sobrancelhas
- Com o dedo indicador, massajar o lábio inferior e exterior
- Puxar as orelhas para cima, para trás e para baixo
- Pentear a cabeça para trás com os dedos
- Entrelaçar as mãos na nuca e massajar a área occipital
- Virar pescoço, levemente, para a esquerda e para a direita
- Cabeça para a frente e para trás, realizando uma rotação completa
- Encolher e deixar cair os ombros para a frente
- Rotação dos ombros para a frente e para trás
- Massajar os ombros
- Massajar a zona do peito, juntando as duas palmas no 17VC
- Massajar levemente a área do AM e Aquecedor Inferior
- Massajar a zona dos Rins, aquecendo previamente os Lao Gongs.
- Rodar levemente a anca
- Sentar e massajar os joelhos e as pernas
- Sentada, fazendo as asas de borboleta


Cuidar de Alguém com HIV

• Estimular o paciente a cuidar de si próprio, a estabelecer um programa e a
tomar decisões sempre que for possível.
• Não evitar a pessoa com HIV. Enquanto especialista, não precisa de falar
constantemente: a sua companhia pode ser mais importante.
• Dar-lhe tempo para a tranquilidade: como todos nós, a pessoa doente sente
raiva, frustração e depressão.
• Não temer falar da doença. Muito frequentemente, a pessoa com hiv necessita
de falar sobre o que está a acontecer.
• Se ela desejar, deve receber apoio psicológico profissional.


Factores que reforçam o sistema imunitário

• Auto-estima,
• Gosto pela vida,
• Bom humor
• Preferir a música – em especial a “melódica”,
• Estar na companhia de pessoas amadas, evitando as conflituosas e que nos desagradam,
• Animais de estimação auxiliam-nos a suportar desalentos e tristezas,
• Evitar todo o tipo de stress,
• Repouso,
• Exercício físico,
• Evitar Poluição,
• Exposição à luz solar,
• Evitar radiações nefastas,
• Alimentação: deve ser equilibrada, rica e variada. Evitar o chá preto e o café, as gorduras e doces. O pequeno almoço deve ser rico em fibras, as refeições regulares.
• Evitar as infecções: esta recomendação é particularmente pertinente para os imunossuprimidos.
• Evitar medicamentos imunossupressores – v.g., corticóides,
antibióticos – só tomar nos casos estritamente necessários.


Artigo editado por Joana Prata, baseado no trabalho de Rita Monteiro Miguel para a disciplina de Ginecologia e Andrologia da ESMTC


Fotos: Google