Chi Kung na Menopausa



A menopausa marca a passagem da fase fértil em termos de reprodutivos à fase não fértil.

É marcada por um decréscimo de hormonas/yin no organismo que pode, consequentemente, agravar certas condições já existentes como: irritabilidade, insónia, dor de cabeça, afrontamentos, etc. ou marcar o aparecimento de outras como: aumento de peso, secura vaginal quebra na libido. 

Os exercícios abaixo descritos devem fazer parte de uma rotina regular afim de minimizar os efeitos da menopausa, fortalecer o organismo, prevenir o envelhecimento e aparecimento de novas patologias.

Chi Kung para a menopausa


Vista roupa confortável, de preferência algodão ou seda. Descalce-se ou use meias. Escolha um local arejado, e com pouco ruído se optar por praticar dentro de casa. Se optar pela natureza, escolha um local com pouco ruído e com  muito verde.

Coloque os pés à largura dos ombros, os joelhos ligeiramente flectidos.

Faça uma automassagem para colocar a energia a circular: massaje  a cara com as pontas dos dedos, testa, boca, orelhas.

Siga para os braços: desça a mão pela face interna do braço e suba-a pela face externa seguindo desta forma a circulação energética dos meridianos

Em seguida desça as mãos pelas laterais das pernas até aos pés e suba pela face interna das pernas passando pelas virilhas.

Massaje o peito fazendo rotações de dentro para fora e de fora para dentro

Massaje os rins e sacro e coloque as mãos sobrepostas sobre o umbigo.

Sinta o seu ventre, o seu centro.


Durante alguns momentos esqueça o que a rodeia e centre a atenção no seu umbigo ou dois dedos abaixo deste.


Coloque uma das mãos sobre o umbigo e a outra nas lombares, oposta à mão que está à frente.

Feche os olhos e sinta o seu centro durante alguns momentos. Sinta o seu interior.


   1)   Coloque-se de pé com os pés à largura dos ombros e mova a pélvis em círculos. Quando a pélvis estiver apontada para a frente contraia os músculos da pélvis e relaxe-os quando a mover para trás.



   2)   Esfregue as mãos e massaje o peito em círculos de dentro para fora e em sentido contrário.



   3)   Identifique o seu útero colocando as pontas dos dedos acima da sínfise púbica. Empurre os dedos para dentro e com a musculatura tente empurrar os seus dedos para fora. Após ter  identificado a área tente contrair  os músculos de modos a que sinta as pontas dos  dedos a serem comprimidas em direção à linha central.



   4)   Traga a energia até ao útero. Use a mente e força muscular e puxe a energia da mama para o útero. Mantenha as contrações por um período até sentir que o seu útero começa a sentir-se pesado.

   5)   Traga a energia até ao períneo, contraindo-o e puxando a energia até este músculo.



   6)   Pressione o ponto 10BP na parte interna do joelho: sensivelmente dois dedos  transversos acima da rótula.

   7)   Massaje o ponto 6BP : coloque 4 dedos transversos acima do maléolo interno do pé.



   8)   Com os pés bem assentes  no chão, centre a atenção na sola do pé (ponto 1R)

a.   Inspire e sugue a energia Yin do solo através do ponto da sola do pé. Faça-a circular pela perna acima  em espiral, colecte a energia libertada dos pontos 10BP e 6BP e traga a energia até ao períneo. Repita por  3 inspirações.



b. A pequena órbita:
Faça subir a energia do períneo ao Ming Men.
Coloque a língua no palato atrás dos incisivos, contraia o períneo e puxe a energia até as lombares (Ming men).
Passe a energia para o umbigo, desça-a  pela parte da frente (baixo ventre), novamente até ao períneo.
A pélvis deve rodar para a frente na inspiração, desfazendo assim a curvatura lombar, e para trás na expiração. Pode acompanhar com as mãos puxando-as para trás na inspiração e frente na expiração. Repita 3 vezes.



c.    Faça a orbita completa 3 vezes.



d.   Use a vassoura de Metal  e bata nos braços pernas e sacro.



e.   Coloque-se na posição da árvore:
Pés à largura dos ombros, pernas fletidas e maneira a olhar para baixo e olhar para a ponta do dedo grade do pé. Desfaça a curvatura lombar. O queixo deve estar recolhido, como se nos quisessem puxar pelo topo da cabeça.



f.  Concentre a atenção nos seus ossos. Inspire e ao expirar comprima a energia  para dentro  dos ossos.

   9)   Repita d) e) f) 3 vezes.

Sente-se numa cadeira ou no chão e relaxe. Coloque-se em postura de meditação.

Centre a atenção no centro da testa. Visualize uma cara sorridente à sua frente, retribua o sorriso. Mantenha esse sorriso nos lábios.

1. Dirija o sorriso para o seu coração.
Sorria para o coração e sinta a energia de Felicidade, Alegria, Paz e Amor e saírem do seu coração.
Sinta essa energia do coração como uma bálsamo regenerador que vai banhar os seus órgãos.
2. Dirija essa energia para os seus pulmões e sorria para eles e sinta a energia do coração.
3. Volte ao coração, sorria para o coração e traga agora essa energia ao fígado.
4. Volte ao coração, sorria para o coração e traga agora essa energia ao Baço.
5. Volte ao coração, sorria para o coração e traga agora essa energia ao Rins e ossos.
6. Este exercício pode ser estendido e todo e qualquer órgão que achemos necessário.

Artigo por Paula Madeira com ilustrações de Andreia Gomes.